Onde Devo Começar ? Nos Leilões Judiciais ou Nos Extrajudiciais.

COMO DEVO COMEÇAR? Com os Leilões Judiciais e ou os Extrajudiciais?

Essa é uma pergunta que eu ouço com bastante frequência, e nesse vídeo aqui eu vou responder essa questão. Bom, para começar vamos distinguir o leilão judicial do leilão extrajudicial. Leilão judicial ele acontece como o nome diz dentro da justiça, seja justiça civil comum, seja justiça federal ou a justiça trabalhista.

Nessas três esferas da justiça, existem algumas diferenças que acontecem pertinentes a cada uma dessas esferas, para você ter uma ideia como é que funciona. No leilão na justiça civil ele acontece normalmente no leilão individual, ou seja, cada processo vai gerar um determinado leilão. Ou seja um imóvel vai a leilão, ou um bem, imóvel por exemplo automóvel e esse processo vai desaguar na expropriação na vendo desse bem em leilão para que esse bem possa pagar a dívida existente dentro desse processo.

Só para você ter uma ideia, quando um imóvel vai a leilão é porque uma dívida líquida e certa não foi paga dentro de um processo judicial e esse imóvel vai a leilão exatamente para pagar essa dívida, então, em suma os leilões acontecem para promover o equilíbrio das relações sociais e resolver os processos que não foram resolvidos, não foram quitados dentro do procedimento normal da justiça. O procedimento normal é o seguinte: “A” deve para “B”, “A” vai pagar a “B” dentro do prazo estipulado contratualmente, ou numa nota promissória ou num cheque. Muitas vezes acontece de “A” mesmo devendo não pagar para “B” e o processo judicial ele se desenrola, e esse processo acaba culminando num leilão de imóvel por exemplo.

No leilão da justiça civil é feita dessa forma, na justiça trabalhista como é que acontece um leilão? Normalmente existe um processo trabalhista, uma empresa é acionada na justiça pelo trabalhador, esse trabalhador está cobrando os valores devidos a essa empresa em função da relação contratual de trabalho, ou seja, a pessoa trabalhou um, dois, três quatros anos numa empresa e vamos dizer que esses débitos trabalhistas não foram pagos e vai acontecer a mesma coisa, o imóvel dessa empresa vai a leilão para que essa dívida trabalhista seja paga. Agora os leilões da justiça federal, que são muito comuns você ver esses leilões acontecendo, você notar que esses leilões acontecem.

Como é que ele acontece? Normalmente, uma empresa também ou uma pessoa física deve imposto federal, seja imposto de renda, algum tipo de imposto. Não faz o pagamento e um imóvel dessa empresa ou pessoa vai a leilão para saldar essa dívida. Então em suma o que é que acontece? Tanto na justiça civil, tanto na justiça federal e na trabalhista, os leilões acontecem para promover a justiça, dentro do quadro da justiça propriamente dito.

Agora vamos falar dos leilões extrajudiciais, aqueles realizados fora da justiça. Bom, os leilões que você vai ver com maior frequência, digo sendo divulgados na mídia são aqueles leilões extrajudiciais. São leilões provenientes de contratos que foram firmados entre bancos e pessoas físicas ou jurídicas, geralmente contratos de alienação fiduciária. Então, 2019 por exemplo você vai ver um número enorme de imóveis indo a leilão em função desses contratos que foram realizados entre o banco, pessoas físicas e jurídicas.

O leilão extrajudicial como eu disse, ele é realizado fora da justiça, e por ser realizado fora da justiça ele pode em algum momento ter o seu procedimento revisto dentro de uma corte, dentro da justiça. Então é muito importante tanto nos leilões judiciais quanto nos leilões extrajudiciais você aprender a fazer as verificações necessárias, tanto na documentação do imóvel, bem como no procedimento que levou esse imóvel a leilão.

A grande oportunidade de arrematar imóveis em leilão, é exatamente você comprar imóveis abaixo do valor de mercado de forma sistemática e de forma previsível. Em nenhum outro tipo de investimento, nenhum outro tipo de negócio você vai conseguir, uma diferença tão grande de preço como nos leilões de imóveis. Isso acontece porque a lei que estabelece  e organiza essas e também estabelece e organiza o procedimento do leilão é feita exatamente para que esse bem possa ir a leilão, ser vendido rapidamente para que esse saldo seja pago de forma legal e de forma justa.

Tá bom? Fica aqui com essa explicação, espero que vocês tenham gostado e aproveitem os outros posts aqui do blog. Até a próxima!

Baixe o E-book Grátis Leilão de Imóveis Extrajudiciais!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber grátis o E-book!>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *